Poeminhas de “Pé Quebrado”

Comecei a usar a expressão poeminhas de pé quebrado com uns sete anos, mais ou menos, quando li pela 1ª vez o “Menino Maluquinho”, do Ziraldo. Quem não conhece essa obra genial, pode conhecê-la clicando aqui.

Era um achado em termos de definição. Encaixava-se perfeitamente com a falta de métrica e rima dos meus versinhos.

Acabou virando uma proposta “conceitual vanguardista pós moderna dadaísta de não rima“.  Ou seja, de  “pé quebrado”.

Por isso, quando fores ler um deles, leve em consideração a ideia:  igualar-se em talento com um personagem infantil.

(clic para visualizar melhor)

2 thoughts on “Poeminhas de “Pé Quebrado”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *